Cinco Mentiras Nas Quais Sempre Acreditamos

Tem coisas que vemos e ouvimos todos os dias, acreditamos e, óbvio, quebramos a cara. São mentiras deslavadas, mas que às vezes são ditas com tanta convicção, ou em momentos nos quais estamos frágeis demais, que acabamos tomando como verdade, até que chega a hora de encarar os fatos.

Pinocchio mentiras

Mentira 1: Duas folhas é o suficiente

Quem é que nunca caiu nessa armadilha presente na maioria dos banheiros de shoppings, escolas, faculdades e etc.? Você começa o processo de secar a mão tentando ser ecologicamente correto e usando apenas as duas folhas de papel recomendadas pelo dispenser, mas quando se dá conta, já puxou mais umas quinze e a mão ainda está úmida. Mas nós sempre acreditamos.

Mentira 2: Tempo restante: um minuto

Sempre acontece quando temos que acabar alguma coisa rapidinho e sair do computador. Clicamos naquele download de um arquivo pequeno e super levinho, a mensagem de tempo restante indica 1 minutinho só, mas é só você piscar os olhos e pronto! Já viraram quinze, ou – já aconteceu comigo – duas horas. É algo inacreditável que eu gostaria que os mestres da informática me explicassem, pois pra mim não faz o menor sentido.

Mentira 3: Amanhã eu te ligo

Todas nós, mulheres desse Brasil, e porque não dizer: do mundo, já caímos na maior pegadinha do Mallandro de todos os tempos. Essa maldita frase, dita pela boca de espécimes masculinos, é uma das maiores mentiras da humanidade. Mas depois da noite inteira, de carinhos, de abraços e beijos e de se sentir o máximo, inevitavelmente vamos ouvir essa frase. E o que é pior: vamos a-cre-di-tar. É uma coisa boa que o mundo esteja mudando e as mulheres estejam se tornando mais seguras de si e menos preocupadas com esse detalhe, ou então, que estejam elas mesmas tomando a iniciativa de ligar pro cara, então a porcentagem de mulheres caindo nessa tende a cair. Mas que muitas de nós já acreditou quando ouviu isso, é a mais pura verdade!

Mentira 4: Só mais cinco minutinhos

Em tempos de um frio inacreditavelmente intenso para uma cidade quente como a minha, esta mentira que contamos a nós mesmos todas as manhãs tem ganhado um lugar cativo nas minhas manhãs, sejam de dias úteis ou de finais de semana. Quem é que nunca apertou o botão soneca umas cinco vezes, jurando a si mesmo que no próximo alarme pularia da cama sem hesitar? Ledo engano…

Mentira 5: Tô chegando

Incluí essa daqui porque é uma das que mais me fazem penar até hoje. Quem é que nunca saiu correndo quando o namorado liga, dizendo que está chegando? A gente corre pra terminar a maquiagem, arrumar a bolsa, escovar o cabelo e fica plantada, quarenta minutos na sala, enquanto a fome chega, o cabelo murcha, a roupa amassa e a paciência esgota. E não, ele não está chegando coisa nenhuma.