[Resenha] Melancia – Marian Keyes

MELANCIA_1331335695B

Título: Melancia

Autora: Marian Keyes

Editora: Bertrand

Ano: 2003

Páginas: 490

Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito…” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, para convence-la a assumir a culpa por tê-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa…

O que eu achei de Melancia?

O livro Melancia conta a história de Claire, uma mulher de 29 anos, casada e grávida. No dia do nascimento da sua filha, porém, ela descobre que seu marido, James, está tendo um caso com outra mulher. Agora ela está sozinha, com um bebê pra criar e tem que voltar para a casa dos pais. Além de ter que aprender a cuidar da criança, ela agora tem que aprender a lidar com a sua nova condição, recuperar a sua autoestima e, claro, conviver com a família, que não é nada fácil.

No meio disso tudo, ela acaba conhecendo um homem mais novo, Adam, que mexe muito com ela e a faz se sentir novamente bonita e desejada. Porém, seu ex-marido resolve procura-la novamente, o que acaba deixando as coisas bastante complicadas no quesito amoroso, para Claire. Melancia foi uma leitura que eu não consegui emplacar de cara. Talvez pelo momento em que eu estava, talvez pelo fato de a história ser sobre uma mulher casada e grávida, eu fiquei com um certo receio de que a história não fosse nada daquilo que me disseram. Mas estava enganada. Depois de alguns capítulos, a leitura engrenou e foi bastante divertida.

Apesar de passar uma boa parte da história de Melancia deprimida e reclamando da sua condição, Claire acaba conseguindo se reerguer e a história então passa a ter um tom mais leve e divertido. Aprendemos a gostar de Claire e a torcer por ela. A partir daí, Melancia nos prende até o final. É uma delícia!

Gostei muito da forma como a autora escreve. Não havia lido nada da Marian Keyes ainda, mas como havia visto que ela tem uma série de livros publicados, resolvi começar por Melancia e adorei. A escrita da autora é fantástica. A trama é construída de um modo bastante dinâmico e, em vários momentos parece que podemos ouvir e ver as personagens conversando, de tão bem caracterizadas que são.

Melancia é um livro que faz rir e refletir sobre a autoestima da mulher e sobre a possibilidade de dar a volta por cima, quando a situação parece estar irreversível. É uma excelente opção para quem deseja se distrair e tirar os problemas da cabeça. Recomendo muito!