[Resenha] Puro Êxtase a 2 – Josy Stoque

puro êxtase a 2

Título: Puro Êxtase a 2

Autora: Josy Stoque

Editora: Amazon

Ano: 2014

Páginas: 236

“O sonho não pode morrer”
Há um ano, o destino colocou os caminhos de Sara Mello e Rodrigo Valente em rota de colisão, e o resultado foi combustão espontânea. Este encontro causou mudanças significativas na vida infeliz e sem propósito do belo arquiteto e deixou a sexy advogada perdida em sua trajetória de autoconhecimento. Porém, eles não contavam que o universo os colocaria frente a frente de novo, dando-lhes uma oportunidade de viverem plenamente aquele desejo insano que não diminuiu em nada com o tempo.
O amor não se busca, é ele que vem ao seu encontro.

O que eu achei de Puro Êxtase a 2?

Puro Êxtase a 2 é a continuação da trilogia Puro Êxtase. Nele, Sara Mello está em busca de sua aprovação no concurso. Com o fim do primeiro livro, encerrou-se também uma fase na vida da personagem. Por mais que tenha aprendido muito com cada experiência que teve, Sara amadureceu. Agora ela percebe que, por mais que não esteja pronta para um relacionamento sério, também não é mais o momento da diversão sem limites. Ela foi ao extremo da liberdade sexual, mas agora que já conhece seus próprios limites como mulher, acaba se concentrando mais em construir coisas mais permanentes.

Uma carreira pública parece ser a principal escolha da advogada, que abdica de vários momentos de lazer para se dedicar aos estudos. Sempre escapando dos homens de seu passado, Sara tem o desafio de aprender a ser comedida, equilibrada. Em Puro Êxtase a 2 ela continua concentrada em seu próprio desenvolvimento pessoal, mas desta vez, conta muito mais com a participação das amigas, novas ou antigas, da família e de seu cachorro Jojo.

Depois de ter ficado entre a vida e a morte, devido a um atentado ainda sem explicação, Sara entende que há coisas na vida tão importantes quanto saber exatamente seu valor como mulher. Ela percebe, ao quase perder tudo, que cada momento com as pessoas de sua vida é especial e deve ser valorizado.

Nessa trajetória de crescimento, Sara acaba reencontrando Rodrigo, o homem inesquecível daqueles poucos momentos juntos em um bar. Ainda temendo qualquer tipo de proximidade emocional, Sara não consegue resistir ao enorme desejo que sente por ele – e que não diminuiu em nada mesmo depois de tanto tempo. Aparentemente Rodrigo mexe com Sara mais do que ela gostaria, provocando nela sentimentos que ela não sabe – ou não admite – nomear.

Em Puro Êxtase a 2 é possível conhecer mais da personalidade de Rodrigo Valente, o arquiteto que arrebatou o coração de pedra de Sara Mello. Ele viveu durante muito tempo o sonho de família de seus pais, seguiu a carreira já trilhada pelo pai, estava em um relacionamento medíocre com Jéssica. A vida perfeita por fora e infeliz por dentro.

A vida de Rodrigo não era o que ele havia sonhado e, assim como Sara no primeiro livro, descobrimos que boa parte do tempo ele se sentia frustrado e sem motivação, até que algo o faz despertar para as possibilidades do que ele poderia ter e ser. Na verdade, alguém. Sara Mello.

Eu também me perguntei, ao longo do livro, a mesma coisa que você provavelmente se perguntará ao conhecer mais da história de Rodrigo logo no começo. “Como assim? Eles ficaram juntos por alguns minutos, transaram e pronto, a vida dele nunca mais seria a mesma?” Pois é. Em uma genial inversão dos papeis literários, Josy nos mostra que apesar de estar disseminado por aí que essa história de amor à primeira vista é coisa de mulher adolescente, os homens podem muito bem passar por essa experiência.

Em diversos momentos eu questionei os sentimentos e as atitudes de Rodrigo, afirmando ser impossível que um homem de verdade agisse daquela maneira. Mas é só parar pra pensar nos homens que conhecemos e nas reações que eles tem perto das mulheres que realmente mexem com eles… Enfim. Achei MUITO estranha a forma como Rodrigo aborda Sara e despeja sua alma, em uma mesa de bar, quando eles finalmente se reencontram.

Eu já estava entregando os pontos, largando mão, quando parei pra pensar nos motivos pelos quais a autora escreveu essa cena. Se de um lado Sara é extremamente determinada, teimosa, faz tudo do seu jeito e passou pela fase de pegar geral, Rodrigo é um cara sensível e romântico, que apesar do papel de homem sedutor que seria imposto a um ser lindo como ele, age sempre guiado pelo coração. Isso faz dele um rapaz ansioso, afobado, que sai falando tudo o que sente. Por isso a cena no bar. Por isso a Sara se assusta constantemente com ele.

Mas é justamente esse excesso de sentimentalismo que existe em Rodrigo que pode vir a ser a salvação de Sara. Ela está perdida em um mundo que enxerga frio e sem amor, mas ao se aproximar de Rodrigo em toda sua intensidade emocional, ela tem a chance de aprender novamente a ser sensível e romântica.

Puro Êxtase a 2 é a história da descoberta, por Sara, da possibilidade de unir o êxtase físico aos benefícios da cumplicidade de um relacionamento, de aprofundar sua experiência física ao derrubar as barreiras de seu coração e se entregar a uma experiência mais completa.

Como já disse, Josy inverteu deliberadamente a ordem comum das coisas, mostrando que há possibilidades na sensibilidade masculina, ao mesmo tempo em que inspira as mulheres a irem em busca do que realmente querem.

Da mesma forma como no primeiro, em Puro Êxtase a 2, por várias vezes meu santo não bateu com o da Sara, mas eu conseguia entender um pouco do medo que ela sentia de se tornar vulnerável a Rodrigo, justamente pelo potencial que ele tinha de machucá-la.

Já com Rodrigo, não posso dizer que consegui me identificar. Apesar de ter plena consciência da existência de homens como ele na vida real, confesso que minhas paixonites literárias estão bem mais concentradas nos exemplares cafajestes, cretinos, arrebatadoramente lindos e com um quê de dominadores.

Sigo com Sara em seu aprendizado. Foi uma experiência igualmente prazerosa desvendar com ela, em Puro Êxtase a 2, tudo o que um novo relacionamento a esta altura de sua vida representaria. Por isso, não vejo a hora de ler o desfecho da trilogia e o que mais ela terá para aprender com Rodrigo. Ainda bem que dezembro logo está aí!

Em Puro Êxtase a 2, a escrita de Josy está igualmente livre e com um ritmo excelente. A carga romântica desse livro é bem maior do que o conteúdo erótico. Mesmo sendo uma leitura mais lenta, por ter menos momentos de experiências sexuais intensas, achei um bom livro. Recomendado para quem quer desafios literários: personagens e histórias surpreendentes e enfoques nada comuns.

A revisão desse volume também foi cuidadosa. Fico feliz demais ao ler um livro o qual posso viajar sossegada na história, sem me prender à estrutura de texto como uma professora corrigindo uma prova. Voei pelas páginas de Puro Êxtase a 2 e não houve tantas “paradas” para tentar entender trechos. Adorei!

Puro Êxtase a 2 está disponível na Amazon.