[Resenha] O Príncipe da Névoa – Carlos Ruiz Zafón

o príncipe da névoa

Título: O Príncipe da Névoa

Autor: Carlos Ruiz Zafón

Editora: Suma de Letras

Ano: 2013

Páginas: 180

A nova casa dos Carver é cercada por mistério. Ela ainda respira o espírito de Jacob, filho dos ex-proprietários, que se afogou. As estranhas circunstâncias de sua morte só começam a se esclarecer com o aparecimento de um personagem do mal – o Príncipe da Névoa, capaz de conceder qualquer desejo de uma pessoa, a um alto preço.

O que eu achei de O Príncipe da Névoa?

O Príncipe da Névoa é um livro que conta a história de Max Carver, um garoto que se muda com a sua família par uma cidadezinha praiana, para fugir dos perigos da Guerra. De todos os integrantes, apenas o pai, Maximilian Carver, está animado com a nova vida. Os demais, a mãe, as duas filhas e o garoto, Max Carver, estão resignados, conformados em apenas apoiá-lo em seu desejo.

A cidade parece bastante comum, mas algumas coisas começam a acontecer sutilmente, o que Max consegue perceber rapidamente. O relógio da estação de trem parece girar ao contrário. O gato que a sua irmãzinha adotou nessa mesma estação, parece entender bem mais do que aquilo que um simples animal irracional conseguiria. Além disso, um jardim misterioso no fundo da casa e uma série de filmes caseiros descobertos pela família levam Max a lugares estranhos e sombrios, para resolver um mistério.

Nessa trajetória, ele faz um grande amigo, Roland, que vive com seu avô, o guardião do farol, e descobre em sua irmã mais velha uma pessoa bem diferente daquela que normalmente estaria acostumado a ver em casa.

O Príncipe da Névoa é o primeiro livro escrito por Carlos Ruiz Zafón, e desde este livro já conseguimos perceber a maestria que o levaria a ser o autor do fantástico livro A Sombra do Vento. As palavras são muito bem escolhidas e a construção da história é muito bem amarrada, o que nos leva a querer ler todos os demais livros do autor. Ele é um especialista em mistério e suspense, mas não tira do texto a leveza e a delicadeza do amor e das descobertas dos adolescentes dessa história, fazendo do texto algo que pode ser lido e que pode agradar pessoas de qualquer idade.

Amei a leitura e recomendo O Príncipe da Névoa a todos que gostem de uma leitura envolvente, bem escrita, com um vocabulário rico e descritivo, com um forte mistério e um toque de amor em cada página. Vale a pena!