Sobre livros que não gostamos

É difícil acontecer, mas algumas vezes me deparo com livros os quais não consigo engrenar na leitura. Por mais que eu tente, não consigo me prender na história e nem mesmo me identificar com qualquer dos personagens.

Quando isso acontece, eu acabo passando tempo demais com o livro, ao invés de trocá-lo por outro, deixar pra ler depois. Eu sempre insisto na leitura. Quase sempre, no fim das contas, eu consigo tirar algo de bom da história e ainda fazer uma avaliação positiva. O que eu me pergunto é: porque perco tanto tempo com algo de que não estou gostando, se eu tenho tantos outros livros me esperando?

Não sei por que essa mania besta de achar que não posso largar um livro antes de tˆ-lo terminado. Estou lendo três livros ao mesmo tempo.

Um estou amando, logo devo acabar e publico a resenha para vocês.

O segundo, estou lendo desde outubro, mas como é um estilo meio auto-ajuda e eu não consigo ter tanta paciência com isso, ele sempre vai ficando de lado e eu vou acabar abandonando, se não conseguir finalizar a leitura ainda esse ano.

O terceiro é um que eu estou lendo impresso. Comprei baratinho na Feira do Livro e gostei muito da sinopse. Mas a leitura não anda, não consigo engrenar. Como eu comprei na esperança de que o livro fosse tão bom quanto a sinopse indicava, pelo tema e pela proposta do autor, ainda prossigo na leitura, mas confesso que também vou dar um prazo para mim mesma até o final do ano.

Se eu não conseguir ler esses livros até o fim nesse último mês do ano, vou parar tudo, reorganizar a minha lista de leitura para 2014 e quem sabe, lá na frente, quando muita água já tiver passado por baixo desta ponte aqui, eu não consiga terminar a leitura, hein?